Always open

O recesso do final de ano mal acabou, e já já vem o carnaval. Feriadão prolongado que, aliás, teremos muitos neste ano de 2017 (Oba \o/).

A galera toda se programa, dá um gás no trabalho, adianta as tarefas, faz tudo que pode pra relaxar nas férias e feriados.

Alguns estabelecimentos fecham, algumas empresas param, mas as Mídias Sociais não. Elas são ambientes abertos 24 horas por dia, 7 dias por semana. Nelas não existem férias, nem “volto logo”.  Muito pelo contrário! Me parece ser justamente quando as pessoas estão de folga o momento onde elas são mais acessadas. As pessoas postam suas férias, momentos com os filhos, praia…

Por isso, se você vai trabalhar com Mídias Sociais deve saber disso. Entender que para elas a lógica de horário comercial não existe. Claro que tem os horários privilegiados para as postagens, natural que na madrugada os acessos caem etc, mas não é esse o foco no momento – numa próxima oportunidade escrevo sobre os melhores horários para postagem. Aqui quero apenas alertar da importância do profissional de Gerenciamento de Mídias Sociais não tirar férias delas.

O ato de postar em si, colocar na Rede grosseiramente dizendo, é o mais simples de resolver. Existem algumas opções de ferramentas que programam os posts. O próprio Facebook já oferece esse recurso.  

Acontece que o Gerenciamento das Mídias Sociais vai muito além do simples postar, tornar público. O verdadeiro Gerenciamento envolve uma série de tarefas as quais nem todas podem ser programadas e efetuadas por um robô.

Ao postar um conteúdo, ele precisa ser acompanhado. O post precisa ser monitorado periodicamente, pois ele vai gerar um envolvimento (curtidas e comentários), ou pelo menos espere-se que gere… O gerenciador precisa estar atento, respondendo às perguntas, curtindo os comentários, atendendo uma crítica ou sugestão, e até gerenciando alguma crise.

Além do monitoramento do envolvimento gerado, ele precisa estar atento também às mensagens inbox. Ok que também existe o robozinho para dar uma resposta padrão automática, mas não por muito tempo. Alguém real deve entrar em contato e estabelecer um diálogo humano com o usuário.

Sem falar do acompanhamento do desempenho do post. Mensurar resultado, ver se ele gerou o engajamento esperado. Caso contrário, partir para o Plano B!

Afinal, não se esqueça, por trás de um perfil de uma Rede Social existe uma pessoa real, de carne e osso, com desejos, urgências, anseios e principalmente voz. Uma voz que para espalhar uma crítica sentimental e severa, e com isso ganhar simpatizantes, só precisa de alguns caracteres e um “enter”.

As pessoas tiram férias, mas as Mídias Sociais nunca!

 

OM SHANTI!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s